Balanceamento hidrônico em instalações de resfriamento e aquecimento

Trocadores de calor ou outros consumidores em uma instalação de resfriamento ou aquecimento , que estiverem posicionados longe do sistema de bombeamento, sem balanceamento hidrônico não serão abastecidos com água suficientemente. Outros, que estiverem posicionados próximo do sistema de bombeamento, serão diferentemente abastecidos de água em excesso. Isto não custa apenas a energia valiosa e direciona os custos para cima, mas também influencia a qualidade do conforto ou processo.

Por balanceamento hidrônico entende-se como uma distribuição ideal de água no sistema, no qual por exemplo através de válvulas termostáticas o fluxo necessário é assegurado em cada unidade terminal. Com a ajuda do balanceamento hidrônico se garante que todos os componentes como unidades terminais, válvulas termostáticas, registros de ramais, bombas e tubulações estão harmonizados e equalizados.

Instalações de resfriamento e/ou aquecimento balanceadas hidrônicamente operam com eficiência energética e oferecem um excelente conforto. 
As condições básicas de projeto como temperatura de alimentação e retorno, fluxo e pressão diferencial podem ser efetivamente mantidas na operação. A bomba de alta eficiência funciona de forma eficaz. As baixas temperaturas de retorno garantem que a caldeira funcione na faixa de valor de queima.
A capacidade de resfriamento ou aquecimento chegará no local onde ela será necessária. Não haverá nenhum sobre ou sub abastecimento.
Desajustamentos como o aumento da temperatura de alimentação,  fluxos muito elevados e consequente alta temperatura de retorno, sub abastecimento de consumidores dispostos hidrônicamente de forma desfavorável, mas também sobredimensionamento ou ajuste incorreto da bomba de circulação são assim evitadas.

Muitos estudos, tais como o Optimus-Studie, provam isso. O balanceamento hidrônico nele descrito possibilita um potencial de economia de até 21%. Uma vez que comparando o custo de investimento com outras medidas, como por exemplo a renovação da envoltória da edificação, pode ser considerado baixo, existindo uma excelente relação  custo / benefício. E possível obter um tempo de amortização de três a quatro anos.

Sem balanceamento hidrônico

  • Alto consumo de energia desnecessário 
  • Ambientes sub resfriados ou sobre aquecidos
  • Eficiência ruim das unidades de resfriamento
  • Ruido de fluxo nas válvulas
  • Sobredimensionamento ou ajuste incorreto da bomba de circulação

Com balanceamento hidrônico

  • Economia de energia
  • Temperatura ambiente ideal
  • Boa eficiência do sistema
  • Sem ruido do fluxo
  • Controlabilidade ideal do sistema

Sem balanceamento hidrônico Sem balanceamento hidrônico
Com balanceamento hidrônico Com balanceamento hidrônico

Balanceamento hidrônico significa: Conforto máximo por custos de operação mínimos


Aqui voce encontra mais informações sobre balanceamento hidrônico.